Caciporé

Acrescimo de Cor
Atelier
cacipore
Curriculum
Desenhos com Cor
E-mail
Obras Espaço Aberto
Obras Metrô
Painéis
Trabalhos
???
???


CACIPORÉ TORRES
site oficial

SOBRE O ARTISTA


english


"Durante muito tempo Caciporé Torres trabalhou com materiais duros e pesados, como o ferro. Sua obra também era feita de durezas e rigores. Uma superficie escolhida e planificada, estendida, em desenvolvimento, e como se fossem erupções, cones e formas que surgiam e se destacavam. Placas e saliências, costuras no metal, qualquer coisa de aparência muito industrial, muito íntegra, de personalidade marcada, áspera e definitiva. Um artista desta epoca, um artista de centro industrializado. Um homem que assistiu e se formou num século que viu duas guerras mundiais, a reformulação política de continentes inteiros, guerras de extermínio, guerras localizadas, povos sem terra, multidôes de exilados, natureza destruída, rios mortos, regiôes contaminadas e radioativas. E viu, igualmente, o homem na lua, o desenvolvimento da psicologia, a revalorização da emoção, a retomada do humanismo, as lutas solidárias pelos homens perseguidos, o ressurgimento do sagrado.

Caciporé Torres é o sensível homem e artista deste período. 0 que se expressa nas formas torturadas de sua escultura e, igualmente, no respeito ao fazer e ao rigor formal da arte. A identificação da tortura e a fé no trabalho do homem. Por aproximação espiritual, ele estaria ligado a artistas como Giacometti, Bacon, Chadwick. No Brasil, há longos anos Caciporé representa uma presença marcante, signo e símbolos de um caminho para o qual o pais caminha, consciência altiva da necessidade do urbano e figura significativa da atividade cultural.

Depois de muitos anos o artista volta a fazer uma exposição individual. Nesta sua ausência, Caciporé tornava-se presente através de obras de grande porte destinadas a espços públicos. A sua volta nos traz um material mais suave e dócil, o bronze. As formas se encaminham para uma preocupação estética mais elaborada e o artista joga com planos, oposições e rítmos, diálogo entre a superfície plana e o volume e, principalmente, se estabelece no seu trabalho uma extraordinária discussão das questões escultórias. Desta maneira, Caciporé Torres preocupa-se e nos expôe a questâo monumentalidade e, mais uma vez, fica demonstrado que monumentalidade tem a ver unicamente com a proporção entre as diversas partes, e não com o tamanho. A outra discussão que o seu trabalho coloca e o resultado que se obtém com a oposição de ritmos e planos. Nestes trabalhos, Caciporé homenageia obras e escultores, retomando temas e recolocando-os em pauta. É necessário notar, ainda, que o escultor permanece fiel e coerente com as suas principais preocupações, os volumes, as materias laceradas, as interrupções de ritmos. Trata-se de realizar o projeto de um símbolo, a construção de um monumento ao século vinte."



por Jacob Klintovitz






  • Caciporé Torres mostra nova linha de trabalho
    Caderno 2 - 18 de agosto de 1999 por ANA WEISS










  • CACIPORÉ TORRES
    1998-2013



    Todos os direitos de imagens de obras
    que constam neste site,
    são reservados ao próprio artista.
    Proibida a reprodução das imagens.




















    ART-BONOBO


    criação


    BRASIL
    © 1998-2013, ART-BONOBO.COM