Site Oficial - Ivald Granato
returne
por
JACOB KLINTOWITZ

"Ivald Granato é um mestre da gestualidade e da invenção de ícones. Há poucos artistas no mundo com a imediata percepção em nível tão elevado dos sinais de comunicação. A sua apreensão é de tal ordem que o levou, em inúmeras ocasiões, a se antecipar.Como se o artista previsse quais seriam, não só as tendências de comportamento,mas os próprios sinais que expressariam esta mutável sociedade. Granato costuma trabalhar com esses sinais, ele os reinventa,organiza novos ambientes, torna-os repentinamente públicos e notáveis. As pessoas podem contemplar a si mesmo e ter uma visão crítica do universo que as envolve.

O artista Ivald Granato está em constante mobilidade e a sua atividade não parece ter fim.Isto se deve justamente ao objeto escolhido para a sua análise sistemática e constante. Da mesma maneira que o comportamento e a sua exteriorização modificam-se incessantemente, o seu biógrafo Ivald Granato é incessante. Um repórter que nos diz o que está ocorrendo e, muitas vezes, o que ocorrerá. O caráter cirúrgico desta intervenção pode parecer e chega mesmo a ser cruel, mas isto se deve à própria natureza de seu fazer.

Os cenários e a atuação teatral são comuns no movimento do artista. O senso do espetacular faz parte da vida de Ivald Granato. Mas não nos esqueçamos que espetáculo é uma forma de prender o olhar. E especulação, procura que parte do olhar no espelho (speculum) é observar as estrelas vistas através de seu reflexo. E é com o olhar mais elevado, na consciência plena da atividade artística como uma revelação cosmológica, que ivald refaz e ilumina a nossa história cotidiana. A moda literária, travestida de ciência, que tenta mostrar a vida diária das civilizações e de épocas, poderia ter neste artista um importante personagem. Mas, talvez, isso não seja possível, pois ele está bem distante desta procura do registro exato. Na verdade, Granato inventa o seu registro da vida diária. E, convenhamos, com muito nais graça.

E é com esta alegria que nunca abandona a sua atividade que ele já nos brindou com inesquecíveis performances, como a de Ciccillo Matarazzo e uma na qual reciclava os principais movimentos estéticos deste século. Respeito e paródia, uma mistura amorosa que até então parecia impossível. Ivald Granato é um artista com 30 anos de trabalho e pesquisa permanente e contínua. Neste período, desenvolveu uma extensa obra de alta criatividade na qual incursionou nas mais variadas técnicas e procedimentos: desenhos, pintura, gravura, objeto, sistemas de multi-mídia, performance, cerâmica, escultura. Em todos estes campos, o artista foi capaz de destacar-se através da originalidade de suas concepções. O que resultou num conjunto estético, cultural e histórico impressionante pela qualidade, oportunidade e volume."

Jacob Klintowitz