1967 - Faz a série de pinturas "Bandido da Luz Vermelha", trabalhos com a mesma linguagem da história em quadrinhos, iluminados por facho de luz vermelha rotativo. Participa da IX Bienal de São Paulo. Expõe no IV Salão Nacional de Arte Contemporânea (Brasília), onde seu painel "Guevara Vivo ou Morto" é parcialmente destruído.


Tozzi