Jovem Virgem Sodomizada


Jovem Virgem Autosodomizada Pelos Cornos de Sua Própria Castidade


Tela de Dalí datada de 1954 está em Los Angeles na Coleção da revista Playboy. Em Dalí Libertino e Surreal o autor do livro, o crítico de arte Carlos von Schmidt, analisa essa pintura a partir da obsessão anal de Dalí.

Diz que em outras pinturas Dalí insinua sua preferência, mas em Jovem Virgem Autosodomizada, revela, escancara.

O título da pintura, mais do que explicito, Jeune Vierge Autosodomisée Par Les Cornes de Sa Propre Chastitée, Jovem Virgem Autosodomizada Pelos Cornos de Sua Própria Castidade, não deixa dúvida quanto ao conteúdo.

Os comentários sobre as pinturas de Dalí não são isolados. Fazem parte da narrativa e estão inseridos na inusitada e provocante história contada por von Schmidt.

As pinturas Jogo Lúgubre, O Grande Masturbador, O Enigma de William Tell, ao lado de Jovem Virgem Autosodomizada, foram vistas pelo escritor como confissões simbólicas e não simbólicas da intrigante e escandalosa sexualidade de Dalí.

Dalí Libertino e Surreal está sendo distribuído desde 4 de julho. Você pode encontrá-lo nos seguinte locais:

Agência Look - Tel: 11 - 3256 0435

Aogôsto - Tel: 11 - 3088 2201

Gaudi Tel: - 11 - 3081- 1877

Cultura - Tel: 11 - 3170 4033

Instituto Tomie Ohtake - Tel: 11 - 2245 1900

Livraria da Villa - Tel: 11 - 3814.5811

Fnac Paulista - Tel: 11 - 2123-2000

Fnac Pinheiros - Tel: 11 - 4501-3000

Na semana que começa chegará a outras livrarias.